Jornal dos EUA dá 10 dicas para viver em Portugal

 Dimitris Vlachos, diretor da empresa Moving Hand, publicou no Huffington Post 10 dicas para viver em Portugal. O artigo é dirigido a norte-americanos que queiram viver neste lado do Atlântico: "Uma ideia verdadeiramente boa, já que Portugal é mesmo espetacular", diz o próprio. 

 O autor garante que as vantagens de viver em Portugal superam os clichés habituais: boa comida, bom vinho (e barato) e bom tempo. Até porque a localização da terra de Camões facilita as deslocações às principais cidades norte-americanas, com voos diretos disponíveis.

 

 

1. Arranje trabalho primeiro. Mude-se depois.

Uma recomendação que poderia ser universal. No caso português, especialmente para quem vem dos Estados Unidos, é recomendado procurar trabalho em cadeias de hotelaria. "Há muitas cadeias hoteleiras à procura de pessoas qualificadas" que podem garantir um visto temporário ou de residência.

2. Em Portugal o sistema de saúde é para todos.

O sistema de saúde português está disponível para todos os cidadãos e residentes legais, incluindo o público-alvo do artigo. Tem, no entanto, que estar registado na Segurança Social.

3. Aprenda mais do que um "obrigado".

Apesar dos jovens portugueses estarem preparados para conversar em inglês, o cenário muda nas populações mais idosas. "É aconselhável aprender algum português básico para comunicar em algumas situações, mas principalmente para se entranhar por inteiro na cultura".

4. É preciso tempo para tudo.

O tempo, em Portugal, "passa muito devagar". Sobre isto o autor previne: "esteja preparado para envelhecer enquanto espera na fila para ser atendido. Os compromissos são feitos para ser quebrados. E almoços 'rápidos' podem demorar duas horas e meia".

5. A comida é uma religião.

A seleção culinária portuguesa é destacada pela sua variedade, frescura e variedade. E, claro, não podia faltar uma referência aos pastéis de Belém: "um pecado que vale a pena cometer. Uma vez por dia".

6. Uma conversa normal parece uma discussão.

"Os portugueses falam alto. É assim que eles são". Eventualmente acabamos por nos habituar.

7. Nem sempre está Sol no outro lado do Atlântico.

Há um mito que diz que em Portugal está sempre calor. E se por cá o Inverno é moderado face ao standard norte-americano, também é verdade que há regiões - como a Serra da Estrela - "onde neva. Com muita frequência". Além disso a chuva é visita frequente entre Novembro e Março. "Mas também é verdade que, pelo menos por seis meses, as temperaturas sobem até aos 30's, trazendo consigo longos e fantásticos dias de praia".

8. Não se ouve falar de Frappuccino, Mochaccino nem 'Nadaccino'.

Para quem vem da capital mundial do Starbucks, beber café em Portugal pode revelar-se uma experiência radicalmente diferente. "Um 'shot' de expresso consumido em menos de um minuto, por menos de um euro".

9. A família vem em primeiro lugar.

"E por família não me refiro apenas à "mãe" e ao "pai". Refiro-me também aos avós, às tias e tios, aos primos, e a lista continua". O autor considera que os portugueses valorizam a família e a qualidade de vida em primeiro lugar.

10. Viver à portuguesa.

A décima dica é um pouco mais desenvolvida que as anteriores. O artigo aconselha os futuros residentes a "abraçarem" o sistema de transportes públicos português - não pela sua qualidade, mas pelos seus preços. "É barato". Os taxistas portugueses também não ficaram de fora da equação: "não se esqueça de pedir aos condutores para ligarem o taxímetro. Para que não o tentem enganar".

Além disso também deve guardar sempre os seus pertences e vestir-se melhor do que pior - "em Portugal aperaltar-se é sempre melhor do que relaxar-se". Pelo menos em contexto profissional.

 

Ver a notícia original no huffingtonpost: Clique aqui !  

 

Fonte: BoasNotícias
 
 

Copyright 2011 Jornal dos EUA dá 10 dicas para viver em Portugal. All Rights Reserved.
Joomla theme by artisteer review